Ir para o Conteúdo Principal

Nossa Estratégia

Digitalização do Varejo brasileiro

A principal estratégia da Companhia é a transformação digital do varejo brasileiro. Nosso objetivo no último ciclo foi transformar o Magazine Luiza, passando de uma empresa de varejo tradicional com uma forte plataforma digital, para uma empresa digital, com pontos físicos e calor humano. Conseguimos digitalizar o Magalu, possuindo hoje uma verdadeira operação multicanal consolidada. Nosso próximo objetivo é levar toda a nossa infraestrutura digital para os milhares de sellers e vendedores neste país, sendo o sistema operacional para o varejo brasileiro. Nosso desejo é digitalizar o Brasil.

Os cinco pilares estratégicos desse ciclo são:

Drivers estratégicos

Melhor experiência do varejo Cultura Data driven Sustentabilidade e reputação

Novas Categorias

Um dos pilares da estratégia de negócios da empresa — batizado de #TemNoMagalu — é vender tudo o que o cliente precisa ou deseja. Eletroeletrônicos, utilidades domésticas, alimentos, cosméticos, produtos esportivos, livros, itens de decoração, produtos para higiene pessoal e limpeza da casa. Ao final de setembro de 2021, o Magalu oferecia a seus 35 milhões de clientes cerca de 50 milhões de itens, das mais diversas categorias. Esse número representa um crescimento de quase 140% em relação ao total de itens vendidos pela empresa na mesma data em 2020.

A expansão do número de categorias vendidas pela plataforma Magalu está diretamente ligada ao crescimento do marketplace. Em Novembro de 2021, o número de sellers aumentou mais de 150%, passando de 40 mil para 120 mil. Ao integrarem seus estoques ao ecossistema da empresa, contribuem para que o Magalu rapidamente se transforme num one-stop- -shop, em uma loja de todas as coisas.

Super App

Entre os diferentes canais de venda do Magalu, nenhum tem uma importância estratégica tão grande quanto o app. Mobile only and app first é um dos lemas que direciona a estratégia da companhia, concentrada no Luizalabs. É por isso que o aplicativo de vendas, criado em 2015, vem se transformando em um superapp — um ambiente virtual, onde o cliente pode tanto comprar produtos do Magalu e de seus sellers quanto acessar serviços públicos e fazer pagamentos. Em 2020, o app do Magazine Luiza chegou a ser o aplicativo de vendas mais baixado em sistemas iOS e Android. Em setembro de 2021, o app do Magazine Luiza estava instalado em mais de 40 milhões de smartphones. Desses potenciais usuários, 38 milhões são considerados ativos — que fizeram, ao menos, um acesso mensal. Essa base de clientes é a pedra fundamental dos planos futuros para o que será o superaplicativo do Magalu.

Entrega mais Rápida

No final de Setembro de 2021, eram 26 centros de distribuição dedicados exclusivamente a estocar e despachar produtos pelo Brasil. Locais de trabalho de cerca de 10.000 pessoas que atuam em três turnos para ajudar a tornar possível a entrega mais rápida do país. Mas os mais de 1.200.000 metros quadrados de área de estocagem são apenas parte do complexo sistema de distribuição e logística do Magalu. As mais de 1.413 lojas físicas, espalhadas por 21 estados do país, rapidamente se transformam em pequenos centros de distribuição, capazes de fazer o ship from store — ou a distribuição das mercadorias compradas nas lojas. Cerca de 30% do espaço de grande parte dos pontos físicos é dedicado à estocagem de itens da própria empresa, vendidos digitalmente. Quanto mais lojas convertidas em centros de distribuição, mais rápido o produto chega à casa do cliente. E melhor é a experiência de compra. Essa é a lógica. No final de Setembro de 2021, 57% de todos os produtos vendidos e entregues pelo sistema Magalu chegaram ao destino final em até 24 horas, número que vem crescendo com o desenvolvimento da Logbee, nossa operadora especializada na entrega final ao cliente. A ligação entre as lojas, CDs e clientes (last mile) é feita pelos mais de 8.200 transportadores da Malha Luiza. São profissionais autônomos com acesso a ferramentas tecnológicas e a horas de treinamento anuais e que prestam serviços apenas para o Magalu.

MaaS (Magalu as a Service)

O aumento exponencial de escala que a companhia pretende alcançar, no menor tempo possível, depende de sua capacidade de atrair para sua plataforma digital o maior número de parceiros, que ofereçam uma quantidade e uma diversidade inimagináveis de itens. Mas, para o Magalu, não basta atrair esses empreendedores, acostumados a atuar num ambiente absolutamente analógico, no qual todas as relações são físicas. Foi para isso que nasceu o Magalu as a Service (MaaS), uma série de serviços e ferramentas tecnológicas, desenvolvidas para a própria companhia, mas que começaram a ser oferecidas aos mais de 120 mil sellers do Magalu. O MaaS, que já conta hoje com uma solução completa abrangendo tecnologia, pagamentos e propaganda, começou a ser desenvolvido para que empresas que querem e precisam vender digitalmente possam queimar etapas de aprendizado, que consomem anos, investimento e know-how em tecnologia.

Fintech

No Brasil, em 2020, foram transacionados 2 trilhões de reais em meios eletrônicos de pagamento, que incluem cartões de crédito, débito e pré-pago. Desse total, cerca de 41 bilhões de reais em TPV passaram pelo ecossistema Magalu no último ano — uma pequena fração diante do potencial da companhia. Como parte das nossas iniciativas nesse mercado, há pouco mais de um ano, lançamos o Magalu Pay, nossa conta digital, totalmente multicanal e integrada ao SuperApp. De lá para cá, 4,0 milhões de contas foram criadas. Foi só o primeiro passo. Em dezembro, o Magalu comprou a Hub Fintech, uma plataforma completa de serviços para contas digitais e cartão pré-pago. A Hub já tem 4 milhões de contas e cartões, os quais movimentaram cerca de 7 bilhões de reais em 2020. A partir de agora, Magalu Pay, Hub e Luizacred passarão a ser conectados, abrindo espaço para a criação e a oferta de serviços financeiros digitais — cartão pré-pago, cartão de crédito, empréstimos para pessoas físicas e jurídicas, seguros e cashback — para nossos clientes e sellers (incluindo os restaurantes da Aiqfome). Tudo feito no mesmo ambiente: o SuperApp.

Vamos digitalizar o Brasil
Placeholder
Placeholder
Placeholder
Placeholder
Placeholder
Placeholder
Placeholder