Ir para o Conteúdo Principal

Nossa História

O sonho do casal de vendedores Luiza e Pelegrino Donato de constituir um comércio que gerasse emprego para toda a família em Franca, interior de São Paulo, fez nascer a rede de varejo Magazine Luiza S.A. Para escolher um novo nome para a loja de presentes adquirida por eles em 16 de novembro de 1957, os fundadores criaram um concurso cultural numa rádio local, convidando os clientes a participar com sugestões. E, como Luiza era uma vendedora muito popular na cidade, os ouvintes escolheram o seu nome. Assim surgia o Magazine Luiza. Inovação e comunicação transparente sempre nortearam os princípios da Companhia.

1957

O casal Pelegrino José Donato e Luiza Trajano Donato inauguram uma pequena loja de presentes em Franca (SP).

1976

Com a aquisição das Lojas Mercantil, o Magazine Luiza abre as primeiras filiais em cidades do interior de São Paulo.

1983

Inicia-se a expansão para cidades do Triângulo Mineiro (MG).

1991

Ciclo: Novo Ciclo

1991

Luiza Helena Trajano, sobrinha da fundadora, Luiza Trajano Donato, assume a liderança da organização.

1992

As primeiras lojas virtuais são inauguradas.

1994

São criadas as campanhas “Liquidação Fantástica” e “Só Amanhã”.

1996

A rede chega ao Paraná e ao Mato Grosso do Sul.

2000

É lançado o site de comércio eletrônico www.magazineluiza.com.br

2001

É criada a Luizacred em parceria com o Itaú Unibanco. A rede Wanel, da região de Sorocaba (SP) é adquirida.

2002

Ciclo: Crescimento Sustentável

2003

Aquisição da rede Lojas Líder, da região de Campinas (SP). O Magazine Luiza é considerada a melhor empresa para trabalhar no Brasil - a primeira varejista do mundo a receber esse título do Instituto Great Place to Work.

2004

As Lojas Arno são adquiridas no Rio Grande do Sul.

2005

É criada a Luizaseg, em sociedade com a Cardif, empresa do Grupo BNP Paribas. Aquisição das redes Lojas Base, Kilar e Madol, nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Criação da TV Luiza, da Rádio Luiza e do Portal Luiza.

2008

46 lojas são inauguradas no mesmo dia na cidade de São Paulo, e mais de 1 milhão de novos clientes são conquistados.

2010

Chegada ao Nordeste com a aquisição da rede Lojas Maia, com 136 unidades.

2011

Ano da Oferta Pública Inicial de Ações (IPO), quando a Companhia passa a ser listada na BM&FBovespa. A empresa adquire a rede Baú da Felicidade.

2012

É lançado o Chip Luiza que oferece acesso gratuito a redes sociais, voltado para clientes de baixa renda.

2013

O Magazine Luiza adquire a Época Cosméticos, e-commerce de beleza.

2014

Os nove centros de distribuição são integrados e passam a oferecer entregas mais rápidas e com menor custo de frete. A empresa patrocina a Copa do Mundo no Brasil, na Rede Globo de Televisão. É criado o Luizalabs.

2015

Ciclo: Transformação Digital. Lançamento da nova versão do aplicativo Magazine Luiza para mobile. Implantação do Mobile Vendas em 180 lojas.

2016

O Magazine Luiza é a empresa de capital aberto que mais se valorizou no mundo. Todos os vendedores atendem utilizando um smartphone, pelo aplicativo do Mobile Vendas. Lançamento da plataforma de Marketplace, cerca de 50 parceiros passam a vender seus produtos dentro do site do Magazine Luiza.

2017

Magazine Luiza lidera o ranking da Bovespa por mais um ano. Empresa faz oferta de ações e arrecada R$ 1,8 bilhão. Frederico Trajano é apontado como empreendedor do ano pela IstoÉ Dinheiro. Reality show do Magazine Luiza, o Missão Digital, estreia na Rede Globo com o propósito de ajudar pequenos comerciantes a se digitalizar. Empresa cria canal de denúncia interno. Magazine Luiza adquire a IntegraCommerce e o laboratório de inovação do Magazine Luiza chega a mais de 450 engenheiros e especialistas que trabalham para tornar as operações do Magazine Luiza cada vez mais digitais.

2018

Magazine Luiza vira Magalu. A empresa adquire a startup de logística Logbee. A Campanha do 7x1 (“Sai Zica”) foi um dos destaques do marketing brasileiro e Magalu é a empresa que mais vende televisores para brasileiros assistirem à Copa do Mundo. Campanha do "Eu Meto a Colher, sim" é lançada. Empresa é apontada como uma das mais inovadoras do Brasil pela revista americana Fast Company. O app do Magalu é um dos mais bem-sucedidos apps de compras do Brasil, com 26 milhões de downloads e uma participação de cerca de 40% dos pedidos online da companhia.

2019

Magalu adquire a Netshoes, maior e-commerce esportivo do Brasil, e, no mundo físico, inaugura sua milésima loja. Empresa faz oferta de ações e arrecada mais de R$ 4 bilhões de reais. Na Black Friday, protagoniza um show ao vivo na tevê, a "Black das Blacks". Sua marca vira uma das trinta mais valiosas do País. Primeiro Expo Magalu, evento para sellers, reúne milhares de pessoas em São Paulo. Empresa entra no Pará. Frederico Trajano é apontado como executivo do ano pelo Valor Econômico.

2020

Magalu iniciou o ano com a aquisição do marketplace de livros Estante Virtual. Frente às limitações de isolamento impostas pelo combate à disseminação da covid-19, a empresa acelerou seu processo de digitalização online e desenvolveu ainda mais a sua multicanalidade com o Ship From Store, acelerando a velocidade da entrega para o cliente final. Os sellers do Marketplace puderam usufruir das facilidades do Parceiro Magalu e vender online, mesmo com suas lojas fechadas temporariamente. No lado financeiro, tivemos o lançamento do MagaluPay como nova funcionalidade do superaplicativo da companhia e o roll-out do Magalu Pagamentos que oferece a antecipação dos recebíveis para os sellers. As aquisições marcaram fortemente esse ano para o Magalu, sendo que seu ecossistema foi complementado com a chegada da Hub Sales, Canaltech, Inloco Media, GFL, Sinclog, Stoq, AiqFome, ComSchool e Hub Fintech. Um dos drivers estratégicos com maior destaque foi o de Novas Categorias, com mercado e bens de consumo como a categoria com maior quantidade de itens vendidos, contribuindo para o aumento da frequência de compras dos clientes. Ainda neste ano, demos um importante passo na reparação de uma dívida histórica que o Magalu tinha como empresa e lançamos o primeiro programa de trainee exclusivo para pessoas negras.

2021

O ano do #PiscouChegou para o Magalu começou com uma segunda onda de Covid-19 ainda mais forte que a primeira. Novamente, as portas do mundo físico se fecharam. Nesse cenário, o crescimento do e-commerce continuou acelerado. Em mais um período desafiador, a empresa superou o mercado e atingiu o maior marketshare da história. As aquisições marcaram fortemente esse ano, sendo que o ecossistema foi complementado com a chegada da VipCommerce, Steal The Look, Tonolucro, Grandchef, SmartHint, Jovem Nerd, Bit55, Plus Delivery, Juni, Sode e a maior aquisição da nossa história, a KaBuM!, e-commerce referência em tecnologia e games. Em julho, inauguramos as primeiras lojas físicas do Magalu no estado do Rio de Janeiro, marcando a nossa entrada no segundo maior mercado consumidor do país e concluímos uma bem sucedida oferta subsequente de ações, 100% primária. Foram captados cerca de 4 bilhões de reais com o objetivo de acelerar ainda mais os nossos investimentos.

1957
1976
1983
1991
1991
1992
1994
1996
2000
2001
2002
2003
2004
2005
2008
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
2017
2018
2019
2020
2021
Placeholder
Placeholder
Placeholder
Placeholder
Placeholder
Placeholder
Placeholder